Comitê de Queimadas se reúne para discutir o clima e ações preventivas


O volume de chuvas registrado em todo Estado nos últimos dias amenizou consideravelmente o número de focos de calor


Data de Postagem: 24/02/2017 6:21 pm




RAUSTMAN GONDIM

Integrantes do Comitê de Queimadas se reuniram na manhã desta sexta-feira (24) na sala de reuniões do quartel do CBMRR (Corpo de Bombeiros Militar de Roraima) para avaliar as condições climáticas do Estado e discutir ações preventivas aos incêndios florestais.

O volume de chuvas registrado em todo Estado nos últimos dias amenizou consideravelmente o número de focos de calor que estavam surgindo em Roraima desde o início de fevereiro. O nível do Rio Branco atingiu a marca de 122 cm, registrando aumento médio de 1 cm a cada 15 minutos nas últimas 48 horas.

Para o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Edivaldo Cláudio Amaral, a situação é tranquila, mas inspira cuidados rigorosos. “Antes dessas chuvas, já estávamos tendo em torno de 20 chamadas por dia para combater incêndios florestais. A situação agora está tranquila, mas ainda teremos pela frente o período mais crítico entre março e abril”, disse.

A reunião contou com a participação de representantes de órgãos públicos e da sociedade civil organizada. O diretor do Departamento de Políticas Indígenas, Alfredo Silva, reforçou a importância da participação das comunidades indígenas no combate aos incêndios florestais. “O uso do fogo nas comunidades indígenas é tradicional, tanto para a agricultura como para a comunicação. É preciso fazer um trabalho consistente de orientação aos indígenas”, declarou.

O analista ambiental da Femarh (Fundação Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos), Ramon Alves, apresentou um relatório climatológico dos últimos dias e a previsão para os próximos meses.

Ele reforçou a possibilidade de chuvas isoladas continuarem ocorrendo no Estado dentro da normalidade, abaixo de 100 mm nos meses de fevereiro e março. “Estamos vivendo uma situação bem melhor em relação ao ano passado, mas a previsão de chuvas está dentro da normalidade, com um pouco mais na região Sul do Estado e ao Norte em torno de 20 mm. “A situação nos favorece, mas ainda vamos ter muitos dias sem chuva e é preciso ficar atento”, alertou.

Um próximo encontro ficou agendado para o dia 23 de março. O coronel Amaral propôs aos integrantes do Comitê a planejamento de ideias e ações para dar início ao um processo alternativo ao uso do fogo pelos agricultores em Roraima.

“Vamos propor a criação de grupos de trabalho para discutir alternativas ao uso do fogo. É humanamente incompreensível utilizar o fogo para queimas, quando há alternativas à essa prática. Vamos trabalhar para viabilizar recursos e o acesso a essas alternativas”, comentou.

O coronel enfatizou que a Defesa Civil segue alerta para qualquer situação anormal. “Isso porque ainda teremos meses críticos pela frente. Não queremos ser pegos de surpresa com incêndios em tudo quanto é lugar. É um trabalho que diz respeito ao Comitê e vamos trabalhar para fazer um bom planejamento para minimizar os danos ambientes”, finalizou.

ASCOM/DACRP/CBMRR



Acessos : 258

Voltar